ARQUIVOS TIPO ATLAS

ACNE DO NEONATO

Neonatal acne

ACNE NEONATORUM

Autor: Nelson Guimarães Proença

Inserida em: 28/08/2018


CASO 1 (46049)

Bebê do sexo feminino, com 1 mês de idade. A mãe informa que surgiram lesões na face, a partir do décimo dia de vida, que interpretou como sendo “alergia”. Também surgiram algumas lesões na região pré-esternal. Tais lesões surgiram logo após iniciar a amamentação. Ao exame, são lesões acneiformes, mais numerosas nas regiões genianas. A lactente foi mantida em observação, sem medicação local, ocorrendo a remissão espontânea no terceiro mês de vida.





Comentários

Lesões acneicas, comedonianas, podem ser vistas já ao nascer a criança, ou podem surgir nas primeiras semanas do pós parto. Não há tendência a se tornarem pustulosas, e regridem espontaneamente após os primeiros meses de vida.

Qual seria o fator desencadeante? Para alguns autores estaria relacionado com atividade endócrina associada à produção circunstancial de andrógenos.

Pessoalmente não estou concordante com essa possibilidade. Prefiro admitir que há uma transferência passiva de hormônios maternos, seja através do cordão umbilical, seja pela amamentação.

 

Na acne infantil (ver o tópico correspondente) a acne surge no correr da infância e se mantém por período longo, em geral requerendo tratamento. Já a acne do neonato tem tendência a regredir espontaneamente, ainda no primeiro semestre de vida.


Palavras-chave: Acne do neonato; Neonatal acne; Acne neonatorum.